quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Mas é claro que o sol, vai voltar amanhã

Hoje escreverei de algo que diretamente, não tem nada haver com meu sonho e objetivo de ser mamãe. Do fundo do meu coração, eu não sei se é certo  relatar isso, aqui, no meu blog, onde eu resolvi contar a minha tragetória de tentante e num futuro próximo(Tenho fé que Deus está agindo p/ que seja próximo mesmo), a tragetória de gestante e em seguida a tragetória de mamãe.
Mas, como  o mix de sentimentos está gritante aqui dentro, mesmo sem saber se é ou não o lugar apropriado, lá vai:
Do inicio: Familia do Maridão -Composta por mãe, pai e irmã - Nunca foram com minha cara! Sempre me pré-julgaram, me julgaram, já falaram coisas que não deveriam ter falado, fizeram coisas que não era preciso fazer. Sei lá se isso foi do nada. Até pq, eu sou SINCERA, não mudo para agradar. Também, calma, não me faço ser engolida a força!rsrrsrs(nem tem graça)
No meio(literalmente)disso tudo, o Maridão, nunca se pronunciou. Pelo menos não com palavras, mas sim com pequeninos, bem pequeninos gestos.
A verdade é: a mãe tem ciumes do maridão! Mesmo comigo falando desde de sempre, que não quero o filho dela. Quero o homem que ele é. Não adianta, e isso é notório. Quem convive vê e fala!
O pai...........Nossa! Acha que mesmo casado, o maridão tem que viver a vida como solteiro: Decidir tudo sozinho, viajar sozinho.....enfim. E sempre que pode(na verdade, quando ele acha que pode, pq nunca foi permitido), dá pitacos na nossa vida.
A irmã. Putz........Nunca gostou de mim mesmo. No caso dela, eu nem sei como explicar, pq ela nunca se deu bem com o Maridão!!!!!!!!!!! Qdo eu cheguei na vida do Rafa, fui tentando amenizar as coisas. Sempre falava com ele, p/ manerar com ela, que era a única irmã, etc, etc.... O fato, é  a relação deles melhorou, mas ela continuou a mesma M...... comigo!
No ultimo niver do maridão(em Setembro), aconteceu algo que balançou tudo que era estrutura. Por conta de uma foto do maridão com bolo, iniciou-se uma guerrinha entre a irmã e eu(que eu só percebi depois- me sinto uma idiota hj). Eu levei tudo na brincadeira, mas ela não! Foi qdo rolou um pesado tapa no meu braço!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Maridão viu, a esposa de um primo do maridão, tbém viu. E eu?!?! Eu sai, de fininho. Fui me morder de raiva no banheiro!Maridão veio, eu voltei. Era a hora dos parabéns. O primo do Maridão fez uma brincadeirinha(inocente mesmo-juro!),mas como eu já estava com 6 anos cheios de caras e bocas feias, de insultos e agora um tapa, eu explodi! Inicialmente, só retrinbui a brincadeira com cara feia, choro embargado, e indo em direção ao portão. A mãe do maridão viu, perguntou o que tinha acontecido, e o maridão falou do tapa. A irmazinha de 23 aninhos, não assumiu, e disse"eu não fiz nada". Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh! Foi ai, que eu explodi!6 anos de engasgos sairam em forma de: Não falou é o CARA..............! Ahhhh quer saber?!??! Vai TOMAR NO .............................. POR.........!
E fui eu p/ lado de fora! Meu papi, e minha mami, estavam lá! Minha criação foi TOTALMENTE SEM PALAVRÕES! Eles me chamaram atenção por isso. O Maridão veio depois, e não brigou comigo! Graças a DEUS! A mãe do Maridão tbém veio. E disse: "Eu presenciei a cena Ligia. E ela não fez nada! Vc ta nervosa a toa!"...........rsrsrrsrssrr É gente....!
Ai o tempo passou.......eu fiquei magoada...Desmagoei, pq a vida é bonita d+ p/ ficar remoendo qualquer melequinha.....E começaram os preparativos p/ Natal. Óbvio que a familia do Maridão(pai, mãe e irmã) foram convidados. De todos os que eu convidei, foram os que mais demoraram p/ dar a resposta. O nome disso é: PALHAÇADA!
Ontem, finalmente a mãe ligou, e disse que viria. Perguntou o que eu queria que ela trouxesse, e ela disse que traria outra coisa! Ok!...Eu não estou Ops, eu não ESTAVA afim de brigas. Com ela já se despedindo, eu puxei o assunto do niver maridão(claro que eu já tinha comunicado a ele, que iria falar isso- ele concordou), eu disse, que depois daquilo eu já tinha avisado ao maridão, que não iria aturar mais nada!Falei que queria ser respeitada, principlamente na minha casa. Eu tinha muito mais p/ falar, mas ela não deixou! Saiu falando junto comigo, dizendo que se a filha não era bem vinda(eu não falei isso), ela tbém não era. Que não viria no natal, nem nunca mais! Que se o Maridão quisesse, passar o natal com ela um dia, que saisse daqui de casa e fosse p/ casa dela(ou seja que ele escolhesse, entre eu e eles).....Eu tentei mesmo assim, falar, e sei lá se ela ouviu, mas eu disse que qualquer pessoa é bem vinda na minha casa, desde que me respeite como esposa do maridão e dona da casa!E ainda falei: vcs sabem como eu sou, eu não sou falsa, não falo o que eu não quero. Foi quando ela mostrou a verdadeira face: "É. Eu sei bem desse seu jeitinho grotesco!Acho melhor eu nem aparecer mesmo, pq eu não quero estragar meu natal, com medo que vc faça um barraco de novo e a toa. Pq naquele dia, nada aconteceu" Qdo eu disse que tinha acontecido e meu maridão tinha visto o tapa, ela continuou: "Vc deveria ter contornado a situação, e fingido que não tinha acontecido aquele tapinha"
Ela pronta p/ desligar, disse que depois falaria com o filho. Eu disse que ela iria falar naquele momento e chamei o maridão. Eu até sai de perto. Depois ele me contou que ela disse tudo o que ela tinha falado comigo, e que ele, tinha dado a cartada dele: Se não querem ficar numa boa, ok, que ele não iria mais lá, nem na casa de ninguém, e que nem precisaria ir nos lugares em que ele estivesse, pois eu sempre estarei com ele!
ACABOU A HISTÓRIA!
Eu senti um ódio....eu nunca tinha sentido coisa parecida. Juro! Sabe, doía dentro do peito. Dor mesmo. Cheguei apensar que ia ter um treco! Fiquei pensando...Poxa, pq ser assim?!? Pq preferir não adimitir os erros e seguir a vida? E o principal pensamento: E quando meu bbzinho nascer, como vai ficar isso?!?!
Eu orei muito ontem. Pedi PAZ p/ Deus. Uma situação chata, triste, mas que eu não posso dizer que eu não sabia que iria acontecer! Sempre digo: A verdade, sempre aparece!
Hoje, eu to assim...Não to bem,mas tbém não estou pelos cantos...To é um pouco tonta com o tamanho da briga que ainda vem. Mas medo da briga? Isso eu não tenho.
Desculpem se vcs vieram aqui p/ ler algo bom de minha parte, e eu lavei esse monte de roupa imunda! Prometo, que acabou! Mas eu realmente precisava colocar p/ fora esse tanto peso que eu guardava.
Um beijinho, e no próximo post, eu prometo estar diferente!

8 comentários:

  1. Oi flor,que dureza hein?mas continue firme e forte ok?
    Também tô passando por aqui pra agradecer o comentário fofo e dizer que amei teu cantinho.E fiquei super feliz quando vi o post que vc falou q não tem mais nada de cistos,agora é continuar com a mesma fé e tentado,um dia nossa hora vai chegar!!!
    já estou te seguindo viu?

    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  2. Poxa, Ligia. Fica assim, não.

    Gostei de ver. Vc me parece forte, determinada, guerreira... Só de enfrentar essa barra com a família do mor...

    E que bom que sua criação foi diferente. Vc tem muito o que ensinar para essa família toda!!

    Não deixe isso nunca abalar seu casamento. Elas vão ter que te engolir. Ore, peça para Deus abrandar o ♥ das duas e seja vc mesma, como vc disse.

    Não se desculpe. Esse cantinho é pra isso mesmo. Temos que desabafar, senão explodimos!!

    Força, querida, tô do seu lado.

    Obrigada pelo carinho no meu blog. Tbm estou te seguindo!!

    Beijos, estamos juntas nessa!!

    ResponderExcluir
  3. ouu que isso ein!?!!?
    Familia... é brabo!
    Mas tu tá com toda razão, e no mais eu posso estar errada, mas depois que casamos somos uma familia, a familia do marido/mulher é outro esquema, ngm é obrigado a gostar de ngm...
    Tu tá certa e te mantém assim! Quem perde são eles, não vcs!!!

    Beijooo apertado!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Sinta- se a vontade...realmente a família pegou pesado com vc, mais não ligue deixe para lá, viva a sua vida com esse maridão que te ama e te quer bem.

    E se precisar estou aqui!
    Vcs são uma família agora vc e maridão e logo, logo bb.

    bjim

    ResponderExcluir
  5. oh minha amiga...ahhh esse assunto me aborrece que vc nao imagina. O meu Dani já morava comigo, na minha casinha (moramos com a mãe ainda...mas tenho minha peçinhas), quando minha cunhada (irmã gêmea dele) engravidou. Pensa em alguém feliz era eu! Fiquei toda faceira, falei pro Dani pra comprarmos uma lembrancinha pra ela e tal. Até que uma noite ele recebe um telefonema. O pai da criança: Oi Dan, tudo bem? Queria te convidar pra padrinho do nenÊ junto com a ...(esqueci o nome), amiga da ...(cunhada). O Dani envermelhou, esverdeou, arroxou rsrs...mas aceitou. (até porque a criança nao tem culpa ne). E pra me contar! Eu fiquei apavavorada. Nunca que eu me imaginava nessa situação. Chorei rios e por meses, sempre que lembrava. Não queria mais estar nos mesmos lugares que a minha cunhada; me senti chutada pra escanteio (e ela ja sabia que eu desejava ser mae e tinha todos os problemas que vc ja sabe! rs). Pareceu que foi de proposito. E logo depois ela começou a passar mal, teve pre eclampsia. Eu ajudei a cuidar dela, mas não fui a batizado, nem aniversario (no aniversario teve mais umas alfinetadinhas que outra hora te conto). Uma amiga chegou a brincar comigo (e pior que eu levei a serio) que a cunhada achava que eu ia roubar o bebe dela rsrs...VAi saber ne...que horror. Fiquei muito magoada...e nao dei o braço a torcer. Ate aniversario que os dois comemoravam juntos sempre, aquele ano nao teve rsrs...fiz pro meu...ela que se explodisse rsrs...aí perto do Natal ela nao se aguentou e veio me pedir desculpas e tal. E pior amiga...a menina (nene) gosta de mim e eu dela...demais. Perdoei. MAs sabe como é: GATO ESCALDADO TEM MEDO DE AGUA FRIA!
    Nooosa que tanto que escrevi...rsrsr...bjao flor. Reza pra Deus acalmar teu coraçãozinho...tu é muito superior a tudo isso!!!

    bjooo

    ResponderExcluir
  6. Miguxa não precisa se preocupar "qual" o tipo de assunto que vc quer comentar aqui no seu cantinho, ñ vivemos 24hs em relação ao nosso maior desejo né?? rsrs
    É, sei bem como são essas coisas, família é nossa base, mas em alguns casos é bem complicado... Como diria um amigo, família reunida, somente pra tirar fotos! rsrs
    Mas tenha fé, essas situações difíceis irão melhorar, acredite Deus proverá!
    Xerim

    ResponderExcluir
  7. Oi flor!!! Passeando pela blogesfera acabei encontrando seu blog... Eu super me identifiquei com ele primeiro por sermos tentantes, depois pela relação com a família do marido...Minha sogra e cunhadaS (sim tenho duas)são super difíceis de lidar, no ultimo confronto eu cortei relações com as três, o sogro coitado é um amor de pessoa e acaba no meio do fogo cruzado junto com o maridão... Fazer o que né! Tenho sinto muito medo de como será essa relação quando o baby vir... Mas vamos seguindo!!! Bjos

    ResponderExcluir
  8. Passando para te deixar o novo link do meu cantinho...
    http://emdeusummilagre.blogspot.com
    Por favor não me abandone!!! =D
    Xerim ♥

    ResponderExcluir